Pesquisar

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Ministério Público Eleitoral mantém cassação de prefeito Luizinho


Parecer da Procuradoria Regional Eleitoral (PGE) do Paraná mantém cassação do registro de candidato do prefeito eleito de São Sebastião da Amoreira, Luiz Fernandes.
Após a cassação do registro de candidato pela juíza da Comarca de Assaí, Sônia Leifa Yeh Fuzinato, o prefeito eleito impetrou recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE/PR).
Já na primeira análise na Corte estadual, agente do Ministério Público Eleitoral decidiu acolher o recurso interposto, mas, em seu mérito, não concordou com as alegações apresentadas pelo recorrente (prefeito Luiz Fernandes).
Agora o parecer da Procuradoria Geral Eleitoral será analisado pelo ministro relator do TRE/PR, Marcos Roberto Araújo dos Santos, que, seguindo orientação do Ministério Público, tem grandes chances de manter a cassação do registro de candidato do atual prefeito interino Luiz Fernandes, que foi eleito em 7 de outubro último.
A discussão nos tribunais resulta de resulta de representação eleitoral ajuizada pela coligação “Amoreira Pode Mais” (PP, PTB, PMDB, PSL, PSC, PSB, PV, PSDB, PPL), em função de que o atual prefeito interino Luiz Fernandes teria realizado contratação de pessoal para a administração pública, de forma dissimulada e em período vedado (durante a campanha eleitoral desse ano), configurando abuso de poder político ou de autoridade.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

CURIUVA - Morre mais uma vítima de acidente entre perua e caminhão

Outros cinco passageiros da Kombi morreram no momento da batida

Valdevino Xavier de Melo, 43 anos, foi a sexta vítima a morrer em decorrência de um acidente no final da tarde de quinta-feira (25), no km 206 da PR-090, próximo ao povoado de Barro Preto, entre Curiúva e Ventania. Melo que ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Bom Jesus de Ponta Grossa, faleceu domingo.
Ele estava em uma Kombi de uma empresa terceirizada que prestava serviço para a Copel e bateu contra um caminhão. Cinco funcionários morreram no momento do acidente. Na batida, outras cinco pessoas ficaram feridas, quatro passageiros da Kombi, entre eles, Melo, e o motorista do caminhão. O passageiro Adir Chem, 43, continua internado no hospital de Telêmaco Borba. O estado de saúde não foi informado.
Sem confirmação, duas das vítimas receberam alta, mas a reportagem não conseguiu as identidades delas. Samuel de Oliveira, 32, Valdinei Vargas da Luz, 24 e Jefferson Luiz Kremer, 24, motorista do caminhão, foram socorridos para hospitais da região.
Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) do posto de Ventania, que atendeu a ocorrência, chovia forte no momento do acidente e havia óleo espalhado pela pista. O motorista do caminhão com placas de Ventania, que estava vazio, perdeu o controle da direção em uma curva fechada e bateu de frente contra a Kombi com placas de Ponta Grossa.
Mortos
O condutor da Kombi, Marcos Luiz Camargo, 37 anos, e os passageiros Edson de Lima Souza, 25; Francisco Pereira de Souza, 49; Domingos Aparecido, 42; e José Luz de Proença, 53, morreram na hora. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) em Ponta Grossa. Todos os mortos eram moradores de Sapopema.
Acidente
Depois de bater na Kombi, o caminhão se chocou contra um barranco e tombou na pista. A PRE interditou o tráfego no trecho por 45 minutos. Em seguida, o fluxo funcionou em meia pista até a remoção do caminhão, na manhã de ontem. Houve congestionamento e lentidão, as equipes de resgate tiveram dificuldades para socorrer os sobreviventes. Alguns parentes das vítimas, assim que ficaram sabendo do acidente, foram até a rodovia.
Luto
O pequeno município de Sapopema, com R$ 6,7 mil habitantes ficou chocado com a tragédia. A prefeita Vera Golono (PT) decretou luto oficial de três dias. O comércio não abriu as portas. Os corpos das cinco vítimas foram velados no Salão Paroquial durante o dia e foram enterrados às 17h30 no Cemitério Municipal.

domingo, 28 de outubro de 2012

PT é o maior derrotado na eleição desse ano no Paraná


O PT, que não conseguiu eleger ninguém nas cinco principais cidades do Paraná, sai mais chamuscado desta eleição do que o governador Beto Richa e seu partido, o PSDB.
Richa foi derrotado em Curitiba, onde venceu o neopedetista Gustavo Fruet, e em Londrina (Alexandre Kireeff), mas elegeu seus aliados em Maringá (Carlos Pupin; PP), Ponta Grossa (Marcelo Rangel; PPS) e Cascavel (Edgard Bueno; PDT).
Apesar da derrota de Luciano Ducci (PSB) em Curitiba, os partidos que formam a base de apoio  do governo na Assembleia Legislativa elegeram aproximadamente 75% dos 399 novos prefeitos do Paraná. 

Os partidos aliados ganharam as eleições em nove das dez maiores cidades do Estado - Londrina, Maringá, Cascavel, Ponta Grossa, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Paranaguá, São José dos Pinhais e Colombo (onde o resultado está sub judice), municípios que representam quase 30% da população paranaense.
A vitória de Fruet à prefeitura da capital paranaense fortalece a pretensão de Gleisi Hoffmann de disputar o Palácio Iguaçu, mas há um complicador nesta esperança, da qual compartilha seu marido, o ministro Paulo Bernardo: até quando Fruet suportará a carga pesada, que é o casal, fungando em sua nuca?
Pois é assim que Gleisi e Bernardo procedem, pois não têm amigos nem aliados, apenas cúmplices e subservientes a seus interesses.
Guga lhes deve um favor, mas sua índole não é a de um serviçal.
Em Maringá, Cascavel e Ponta Grossa, candidatos aliados do governo venceram adversários petistas neste segundo turno. Maurício Querino, vice na chapa do prefeito reeleito de Cascavel, Edgar Bueno, é filiado ao PSDB. E em Londrina o segundo turno foi disputado entre candidatos de partidos da base do governo. 

Entre os partidos da base do governo, o PSDB elegeu 78 prefeitos; o PMDB, 55; o PSD, 36; o PDT, 33; o PP, 27; o DEM, 23; o PPS, 22 e o PTB, 16, entre outros aliados que também elegeram prefeitos e vice-prefeitos.
Enquanto isso, o domingo de segundo turno foi péssimo para o Partido dos Trabalhadores (PT), que, da disputa pelo comando de 3 dos cinco maiores colégios do Paraná, acabou perdendo todas aquelas prefeituras, ou seja, deixou escapar a eleição em Ponta Grossa, Maringá e Cascavel.

LONDRINA -  100,00% apurados de 360.568 votos
ALEXANDRE KIREEFF - PSD141.027 
50,53%
MARCELO BELINATI - PP138.049 49,47%
    
CURITIBA - 100,00% apurados de 1.172.939 votos
GUSTAVO FRUET - PDT       597.200 60,65%
RATINHO JUNIOR - PSC
387.483
 39,35%
    
MARINGÁ - 100,00% apurados de 256.970 votos
PUPIN - PP                        104.482 53,00%
ENIO VERRI - PT92.646 
47,00%
    
CASCAVEL -100,00% apurados de 204.185 votos
EDGAR BUENO - PDT           88.827 55,56%
PROFESSOR LEMOS - PT71.035 44,44%
    

PONTA GROSSA - 100,00% apurados de 225.984 votos
MARCELO RANGEL - PPS      88.611 50,48%
PERICLES - PT
86.929
 49,52%
    
Revellia

PREFEITO ELEITO ADIR LEITE JÁ COMEÇOU A PLANEJAR SUAS PRIMEIRAS AÇÕES



Em entrevista ao blog Tribuna de Amoreira, hoje a tarde, em São Jeronimo da Serra, num concorrido churrasco  o Prefeito Eleito, Adir Leite e seu Vice Ricardo, fizeram questão de anunciar, que já estão montando sua equipe de trabalho.

As primeiras ações já estão sendo colocadas em prática, principalmente em relação a Presidência da Câmara de Vereadores, onde sua coligação teve a minoria, mas que as costuras ja estão acontecendo, para ter os Vereadores eleitos afinados com o trabalho forte que será colocado em prática, para a transformação do município de São Jeronimo da Serra.

Prefeito eleito Adir Leite(PSDB) fez questão de anunciar  que a Prefeitura Municipal vai ficar fechada para o público nos primeiros meses para que seja feita a tomada do conhecimento de como estão as contas do município, enfim, de que ponto a nova administração vai começar os trabalhos.Ter consciência de como está a situação atual e de imediato ser passado para toda a população.

PREFEITOS ELEITOS DE S. JERÔNIMO N. S. BARBARA E N. AMERICA MARCAM PRESENÇA EM CHURRASCO


Bastante descontraídos, marcaram presença, hoje à tarde, os Prefeitos eleitos, Garrafa, de Nova Santa Bárbara(reeleição), Adir Leite, de São Jeronimo da Serra e Alexandre Basso, o Xande, de Nova América da Colina, ao lado do Dr. Augusto, na chácara do Dr. Armando, em São Jeronimo da Serra.

Evidentemente que o assunto tambem foram as eleições, além do trabalho que virá a partir de janeiro/2013. Familiares, amigos e correligionários tambem marcaram presença no excelente churrasco proporcionado a todos presentes ao almoço, com direito a peixe direto dos tanques que existem na chácara.

(Tribuna Popular)

Alexandre Kireeff vence e é eleito prefeito de Londrina


O candidato do PSD, Alexandre Kireeff, foi eleito prefeito de Londrina, no norte do Paraná, neste domingo (28). Ele venceu Marcelo Belinati (PP), no segundo turno da eleição municipal. No primeiro turno, Kireeff foi o segundo colocado.
Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com 99% das urnas apuradas Kireeff recebeu 50,54% dos votos, o que corresponde a 140.919 eleitores. Belinati, por sua vez, recebeu 137.925 votos, totalizando 49,46%.
O novo prefeito de Londrina é natural da cidade de Marília, em São Paulo. Ele nasceu no dia 30 de setembro de 1966 e atualmente mora no Centro da cidade. Kireeff é formado em medicina veterinária e tem especialização em gestão estratégica.
Este é o primeiro cargo público que Kireeff ocupa na vida.

Homem comete suicídio após matar mulher degolada


Adalberto Ferreira Manso, de 53 anos, matou a mulher a facadas na manhã de sábado (27) em Apucarana, região Norte do Paraná. Os filhos do casal, que estavam em casa, presenciaram o crime, ocorrido na Rua Rio Bulha, no Jardim Sol Nascente. Segundo informações da Polícia Civil, após ter cortado o pescoço de Alice Vieira Domingues Manso, de 49 anos, Adalberto cometeu suicídio, cortando o próprio pescoço.
Marcelo Domingues Manso, filho do casal, tentou conter o pai após a morte da mãe. Ele estaria com cortes e ferimentos nas mãos por ter entrado em luta corporal com Adalberto. Uma ambulância do Samu foi enviada, mas o casal já estava morto quando os socorristas chegaram.
A outra filha do casal, Renata Domingues Manso, teria confirmado à polícia que o casal brigava constantemente. Para ela, o ciúme do pai pode ter motivado o crime.
Foi aberto um inquérito para investigar a morte do casal. De acordo com a Polícia Civil de Apucarana, um laudo do Instituto Médico Legal (IML) deve atestar se o corte fatal no pescoço de Adalberto foi realmente feito por ele.
Crime aconteceu no sábado. Os filhos do casal presenciaram o crime

Rapaz atira em irmão após briga com mãe

Um rapaz de 28 anos foi baleado pelo irmão na noite deste sábado (27) por volta das 22h30, na Rua Pavão, no bairro Jardim Novo Imperial, em Arapongas. Cícero Aparecido de Araujo foi atingido na região da pélvis. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital João de Freitas. 

De acordo com a Polícia Militar, a vítima relatou que seu irmão Erike Gonçalves De Araujo, 24 anos, chegou a sua residência embriagado, fazendo ameaças entrando em vias de fato com sua mãe e que quando Erike estava indo embora, no portão da referida residência, sacou uma arma de fogo, aparentando ser um revólver calibre 32, e efetuou vários disparos. Um dos tiros atingiu a vítima. A mãe dos envolvidos saiu ilesa.

 (Com informações do Portal Bonde)

Homem golpeia cabeça de colega a golpes de facão


Uma pessoa foi ferida a golpes de facão, nesta sexta-feira (26), por um homem com quem divide uma casa em Itambaracá (107 km de Londrina). Benedito Aparecido Silva foi encaminhado ao hospital para receber atendimento médico, pois apresentava ferimentos graves
Segundo informações da Polícia Militar, a vítima contou que estava em sua residência, localizada na Rua Interventor Manoel Ribas, quando Claudinei Santana, conhecido como Paloma, passou a agredi-lo com um facão. A violência teria acontecido sem uma motivação aparente.
Silva foi encaminhado ao Hospital Municipal de Itambaracá, onde a polícia foi acionada. A médica informou que o homem apresentava dois cortes profundos na região da cabeça e um terceiro no punho esquerdo. Ele passou a noite internado em observação.
Buscas foram feitas na residência e na cidade na tentativa de encontrar "Paloma", mas o homem continuava desaparecido até a manhã deste sábado (27).

O Diario

Previsão de temporal no final de semana

Novos temporais podem atingir a região de Londrina até a próxima segunda-feira (29). Conforme informações do Simepar, há risco de queda de granizo neste final de semana por conta do calor intenso e a situação só deve acalmar na terça-feira (30). 

A recomendação é que as pessoas optem por votar no período da manhã, pois deve chover forte na tarde deste domingo (28). Os meteorologistas afirmaram que é normal a ocorrência deste tipo de tempestade nesta época do ano. 

sábado, 27 de outubro de 2012

Mãe abandona criança em construção

Menina ficará em abrigo até que outro familiar responsável seja encontrado

Uma mulher identificada como Jane Estevam Casarini, abandonou ontem, pouco depois das 7 horas da manhã, em uma construção na rua Curitiba, na Vila Ribeiro, em Santo Antônio da Platina, a filha de apenas sete anos, com três bolsas com roupas, sem comida nem água. A menina foi encontrada no local pouco antes das 19 horas, pelo proprietário da construção, Mauro Sérgio Guedes, 32, que acionou a Polícia Militar. Guedes contou para a polícia, que quando chegou, a criança estava chorando e com fome.
A menina contou para os policiais e para a conselheira tutelar Simone Santana de Abreu, que sua mãe a deixou no local e disse que iria comprar suco e salgadinho e já retornaria, o que não aconteceu. Os militares fizeram buscas pela mãe, mas ela não foi encontrada.
O padrasto da menina, Carlos Roberto de Souza, foi localizado na rua Augusto Batista de Freitas, no bairro Doutor Jamidas, e informou que mandou a mulher embora de casa, pois era usuária de drogas. A menina foi encaminhada para um abrigo na cidade, onde deve permanecer até que algum familiar seja localizado.
A conselheira explicou que ontem mesmo, através de um número registrado no celular que estava em uma das bolsas com a criança, um tio materno foi localizado em Uraí, próximo a Londrina. “Já entramos em contato com o conselho tutelar da cidade, que informou que o tio não tem condições de ficar com a guarda da criança, pois mora sozinho e tem habito de ingerir bebidas alcoólicas, mas ele manifestou vontade de ficar com a criança”, contou Simone.
A conselheira revelou, ainda, que até às 11 horas de ontem, a mãe da criança não havia procurado o Conselho Tutelar. Simone disse que o Ministério Público já foi comunicado do caso e confirmou que a mulher é, realmente, usuária de drogas. “Ela é mesmo usuária. Vizinhos também confirmaram. Ela até já ficou internada para tratamento, mas quando saiu voltou ao vício”, contou. “Vou representar contra a mãe por abandono. Os avós já são falecidos e por parte de pai, não foi identificado nenhum familiar. A criança não tem ninguém”, completou Simone.
Sobre o pedido de guarda provisória da criança, o conselheiro tutelar Marcelo Marcos de Araújo, explicou que primeiro é procurado familiares da criança abrigada. “O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) define que primeiro tem que esgotar todas as hipóteses de consanguíneos. Pode ser colocada para adoção pela juíza se a mãe disser que não quer a guarda”, explicou.

Jivago França/ Tribuna do Vale

Crise financeira dos municípios vai se agravar

Orçamento equilibrado e planejamento coerente são fundamentais no início das novas gestões

Os prefeitos eleitos e reeleitos dos municípios que compõem a Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi), foram alertados e orientados por especialistas sobre como proceder na próxima gestão, que vai ser iniciada em meio a uma crise financeira que se arrasta desde o início do segundo semestre. As recomendações ocorreram durante reunião de ontem, na sede da Amunorpi, em Santo Antônio da Platina.
Segundo eles, a crise deve vai se estender em 2013 e exigir planejamentos adequados à realidade.
Segundo o assessor jurídico da Amunorpi, Luciano Dias, é fundamental que os novos gestores tomem ciência da atual situação das prefeituras para que possam, assim que assumirem, tomarem as providências necessárias o mais rápido possível.
Ele afirmou que, em 2013, apenas dois municípios, Guapirama e Joaquim Távora, ainda receberão serviços de manutenção da iluminação pública pela Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel), os demais terão que arcar com os custos da manutenção, o que implica em investimentos em mão de obra especializada e este é apenas um dos exemplos de que os novos gestores terão problemas para equilibrar orçamentos com menos receitas e mais despesas. Na mesma reunião, o secretário estadual do Trabalho e deputado estadual licenciado, Luiz Cláudio Romanelli (PMDB) previu que os custos com Saúde também devem aumentar.
Uma das alternativas sugeridas por Dias para amenizar a situação é a obtenção de recursos por meio do Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal (Siconv), órgão que reúne e processa informações sobre as transferências de recursos do Governo Federal para órgãos públicos e privados sem fins lucrativos, porém, ele alerta para que os novos prefeitos não firmem parcerias com assessorias que ofereçam este tipo de serviço sem antes pesquisar a procedência dessas empresas.
Transparência
O assessor jurídico da Amunorpi, Luciano Dias e o assessor técnico da presidência do Tribunal de Contas do Paraná (TCE/PR), Duílio Luiz Bento, também avisaram aos novos prefeitos que a Lei de Acesso à Informação – conhecida como Lei da Transparência -  que obriga órgãos públicos dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e das três esferas (federal, estadual e municipal) a disponibilizar a qualquer cidadão informações públicas que não sejam sigilosas já está em vigor e tem que ser cumprida. Para tanto, os prefeitos terão que capacitar funcionários para levantar as informações e disponibilizá-las em sites. “Todo tipo de informação, inclusive os salários dos prefeitos, secretários e servidores públicos, precisa estar disponível para a população”, avisou Bento. “Atualmente a sociedade acompanha facilmente as ações dos gestores por meio das notícias e está atenta a isso”, comentou. “Não escondam nada, mostrem o trabalho feito por vocês”, recomendou.
Ele também salientou a importância de um planejamento coerente para alcançar resultados satisfatórios. “Se a prefeitura está precisando de papel branco não adianta oferecerem papel amarelo”, exemplificou. “O prefeito precisa saber das necessidades da sociedade e dar a ela o que é necessário e não o que está disponível”, afirmou.
FPM
O principal problema para os novos prefeitos em 2013 continuará sendo a redução do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) iniciada no segundo semestre. Este ano a queda da receita do FPM foi de R$ 6,9 bilhões. Segundo o prefeito de Japira, João Renato Custódio (PMDB), representou o presidente da Amuniorpi, Eduí Gonçalves (PMDB) durante um evento em Brasília realizado dia 10 de outubro onde foi sugerido ao governo federal a reposição do dinheiro que deixou de ser arrecadado e repassado aos municípios devido à renúncia fiscal promovida pelo governo para aquecer o mercado, especialmente o automobilístico.
Custódio está otimista quanto a possibilidade da reposição dessas verbas, no entanto, o governo ainda não sinalizou com alguma alternativa que possibilite uma suposta reposição de verbas. Dia 13 de novembro haverá outro encontro entre os prefeitos e representantes do governo para tentar firmar um acordo.
Outra reivindicação dos gestores se refere à distribuição dos royalties do petróleo. Os prefeitos não aceitam que a verba gerada por esses royalties beneficiem os estados com mais concentração de plataformas de extração de petróleo e querem uma distribuição mais democrática.

Maurício Reale/ Tribuna do Vale

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Emater discute assistência técnica para comunidades indígenas

Técnicos do Instituto Emater participaram de reuniões com lideranças indígenas para montar uma proposta de assistência técnica e extensão rural (Ater). Os encontros foram realizados entre segunda (22) e sexta-feira (26), em terras indígenas de São Jerônimo da Serra, Tamarana e Ortigueira. 

De acordo com Sérgio Schlichta, extensionista da área de Desenvolvimento Social, atualmente existem 36 terras indígenas no estado, com 18 mil habitantes. Segundo Schlichta, a população é flutuante, já que os povos indígenas migram de uma reserva para outra. Além da Emater, participam desse trabalho Funai, Secretaria Especial de Relações com a Comunidade, Ministério Público, Secretaria Estadual de Saúde, Casa Civil, Consórcio Energético Cruzeiro do Sul e Copel. 

As reuniões pretendem elaborar uma proposta de Ater adequada à diversidade étnico-cultural dos povos indígenas. “Nessas comunidades, por exemplo, o português não é o idioma principal. Teremos que nos preparar para atender esse público”, disse Schlichta. Ele acrescentou que o Instituto Emater prevê contratar novos extensionistas e alguns técnicos vão ser preparados para trabalhar exclusivamente em terras indígenas. 

“O trabalho de Ater com povos indígenas não é orientado no aumento da produção. O principal objetivo é garantir a sustentabilidade e, ao mesmo tempo, preservar a diversidade cultural desses povos. Queremos que eles tenham autonomia e que seus direitos sejam garantidos”, destacou Schilichta. Cerca de 240 pessoas participaram dessa primeira etapa de reuniões e na primeira quinzena de novembro devem ser realizados novos encontros em Santa Amélia, São Jerônimo da Serra e Tomazina.

Revellia

Médico fala para paciente asmática parar de fumar e é agredido

Caso aconteceu em Campo Mourão, no norte do Paraná.

Um médico foi agredido pelo filho de uma paciente asmática que não gostou quando o profissional lhe disse para parar de fumar com o objetivo de não agravar o problema. O caso aconteceu na noite de segunda-feira (24), em uma unidade de saúde 24 horas, de Campo Mourão, no norte do Paraná.
A confusão começou ainda no consultório do médico. Conforme a prefeitura, o profissional e a paciente chegaram a ter uma breve discussão e ele pediu para que a mulher se retirasse.
Na saída, ela ligou para o filho, que chegou à unidade discutindo com os atendentes. Ainda segundo a prefeitura, ele agrediu fisicamente as enfermeiras e verbalmente o médico. Ele também quebrou algumas portas do prédio.
Com a situação, a Polícia Militar foi acionada para tentar acalmar os ânimos. Após serem levados para a delegacia, o filho acabou preso. Na delegacia, ninguém foi encontrado para comentar a situação dele.
A prefeitura informou ainda que abriu uma sindicância para apurar o que de fato aconteceu naquela noite. O objetivo é avaliar o atendimento que os funcionários estão prestando à população.

Cinco pessoas morrem em acidente na PR-090 próximo à Ventania

A batida entre um trator e uma Kombi terminou com cinco pessoas mortas e cinco gravemente feridas na PR-090, próximo à Ventania (126 km ao norte de Ponta Grossa). O acidente ocorreu no final da tarde desta quinta-feira, por volta das 17h45, no sentido Ventania-Curiúva. O trator com placas de Ventania bateu de frente com a Kombi com placas de Ponta Grossa.
O motorista da Kombi, Marcos Luiz Camargo, 37 anos, e outros quatro passageiros do veículo morreram na hora. São eles, José Luiz de Proença, 53 anos, Domingos Aparecido, 42 anos, Francisco Pereira de Souza, 49 anos e Edson de Lima Souza, 25 anos. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Ponta Grossa.
O condutor do trator, Jefferson Luiz Kremer, 24 anos, e outros quatro passageiros da Kombi tiveram ferimentos graves e foram levados ao Pronto Socorro Municipal de Ventania.

Moradora de Abatiá morre após rodar 300 km por atendimento

Família denuncia que Denir Silva não recebeu atendimento adequado em Santo Antônio da Platina por não morar na cidade

Uma sucessão de erros aliada à segregação burocrática por localidade no atendimento médico custou a vida de uma mulher na tarde de terça-feira (23). Depois de rodar cerca de 300 quilômetros em uma ambulância, em busca de atendimento em Cornélio Procópio e Santo Antônio da Platina, a dona de casa Denir Cunha da Silva, 59 anos, moradora de Abatiá, morreu vítima de complicações de diabete e hipertensão arterial.
Denir estava internada na Santa Casa de Abatiá e na manhã de terça-feira passou mal. Ela foi encaminhada para uma consulta na Santa Casa de Cornélio Procópio. Segundo a família, o médico disse que ela não ‘tinha nada’ e a liberou. Denir voltou para Abatiá. Por volta das 13 horas, o quadro se agravou. Sem conseguir vaga em Cornélio, em uma atitude desesperada, o marido João Ribeiro da Silva resolveu levá-la para Santo Antônio da Platina.
Chegando no Pronto Socorro por volta das 15h30, a dona de casa foi atendida, mas em seguida, o marido disse que os funcionários viram a ambulância de Abatiá e começaram a hostilizá-lo, dizendo que não poderiam atender. O motorista da ambulância, José Contijo, o Fião, disse que em 10 anos de profissão nunca viu uma humilhação tão grande. “A família errou, eles tentaram se passar por moradores de Santo Antônio, mas quem pode condená-los em uma situação dessas?”.
Depois de uma hora, a secretária de Saúde de Abatiá, Mara Cristina Carvalho, conseguiu uma vaga pela Central de Leitos na Santa Casa de Cornélio. Após a penosa viagem, minutos depois de dar entrada no hospital ela morreu, por volta das 19 horas. O corpo foi enterrado na tarde de anteontem no Cemitério Municipal de Abatiá.
A secretária de Saúde disse que a família foi a revelia a Santo Antônio da Platina, mas deixou claro que condenou o tratamento dado a Denir. “É uma vida em risco, não importa onde mora, a obrigação dos profissionais de saúde é cuidar de todos os doentes”. Ela explicou que o caso de Denir exigia um hospital de porte mais avançado que o de Abatiá. A família está revoltada e pretende acionar a Justiça.
A reportagem procurou o enfermeiro-chefe responsável pelo plantão do dia, porém as informações são de que ele está de licença médica e só retorna ao trabalho no sábado. A enfermeira Maristela Moretti Albuquerque de Souza, no entanto, disse que não estava no dia, porém garantiu que os registros constam que Denir recebeu atendimento.

Celso Felizardo/ Tribuna do Vale

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Andarilho é morto por atropelamento na PR-218 em São Sebastião da Amoreira


Um andarilho de 46 anos foi morto por atropelamento na noite desta terça-feira (23), na PR-218, em São Sebastião da Amoreira (57 km de Londrina), na saída para Santo Antônio do Paraíso (72 km). Geilton Lima foi atropelado por um Fiat Uno, com placas de Goioerê.
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o atropelamento aconteceu por volta das 20h30. Rapidamente equipes da PRE e de socorro médico foram deslocados para o local do acidente, mas já encontraram a vítima em óbito.
O corpo de Geilton Lima foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina para exames de necropsia, identificação e posterior liberação para sepultamento. Os ocupantes do Uno não sofreram ferimetnos. A PRE investiga, agora, as condições em que ocorreu este atropelamento.
O Diario

Idoso morre ao ser atingido por motocicleta em Assaí


Um atropelamento registrado na tarde desta quarta-feira (24) em Assaí (43 km de Londrina) causou a morte de um idoso. O acidente de trânsito aconteceu na Avenida Rio de Janeiro, na área central do município.
Segundo informações da Polícia Militar, Antônio Benedito Gonçalves, 76 anos, foi atingido por uma motocicleta Honda CG 150, conduzida por Lucas Siqueira, 28 anos. O idoso não teria olhado para os dois lados da via, desatenção que teria sido a causa do atropelamento.
Há informações de que o condutor e o veículo estariam em situação irregular, fato que será investigado pela polícia.
O Diario

Presidente da Cofercatu e mulher são encontrados mortos

Um casal foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (24), em um edifício localizado na rua João Wyclif, na Gleba Palhano, zona sul de Londrina. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os dois foram encontrados já sem vida deitados em uma cama.
Desde o começo da manhã familiares tentavam contato com o casal. Estranhando o desaparecimento e falta de resposta dos dois, a mãe da mulher teria entrado no apartamento e encontrado os corpos. O casal se mudou para o apartamento há cerca de três meses.
As vítimas foram identificadas como Tathiana Name Colado Simão, 35 anos e José Otaviano de Oliveira Ribeiro, 69. A mulher teria morrido com um tiro na testa e o homem com um tiro no peito. Tathiana foi encontrada com uma faca na mão e a arma utilizada nos disparos, uma pistola, foi encontrada ao lado dos corpos.
Ribeiro era empresário do ramo agrícola e presidente da Cooperativa Agropecuária dos Cafeicultores de Porecatu (Cofercatu). Uma superintendente da cooperativa está vindo para Londrina para verificar o que aconteceu. Já Tathiana era nutricionista e tinha um filho de três anos, de um relacionamento anterior, que não estava no local no momento do crime.
O Siate e Samu foram acionados, mas nada puderam fazer. A Polícia Militar, Civil e o Instituto de Criminalística também foram acionados. A polícia deve investigar se o caso se trata de um homicídio seguido de suicídio ou de um duplo suicídio. (Com informações da repórter Fernanda Carreira, da Folha de Londrina)

Corpo de homem morto a tiros é encontrado dentro de carro

Um homem de 26 anos foi encontrado morto no final da noite de terça-feira (23), na rua Caetano Pieceli, bairro Timburi, em Andirá. De acordo com a Polícia Militar, o corpo foi encontrado dentro de um veículo Gol, que estava estacionado de maneira irregular.
Airton Inácio Pereira apresentava marcas de tiro na cabeça e no pescoço. Segundo testemunhas, uma motocicleta teria passado pelo local e efetuado os disparos. A polícia não informou se o rapaz tinha passagens e o que pode ter motivado o crime. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

Bonde

Japonês paga R$ 1,5 milhão por virgindade de brasileira

Mais de R$ 1,5 milhão. Esse foi o lance vencedor no leilão da virgindade de Catarina Migliorini, de 20 anos. A disputa terminou nesta quarta-feira, às 9h. Natsu, o japonês que venceu a disputa, ofereceu US$ 40 mil a mais que o segundo colocado e enviou o lance algumas horas antes do prazo final. Enquanto isso, Catarina (cujo o nome de batismo é Ingrid) segue em Bali na Indonésia, onde está há quase dois meses, e aproveita o tempo com diversões simples. Marca presença diariamente em uma praia paradisíaca, conversa com pessoas e turistas de todo o mundo e devora os livros que trouxe do Brasil. Na lista, nada de autores populares ou literatura de consumo rápido, como muitas pessoas poderiam concluir. Catarina, ao contrário, folheia as páginas escritas por grandes nomes, como Fiódor Dostoiévski, Ernest Hemingway e Albert Camus, além dos filósofos Sócrates, Rousseau e Séneca.
"Entrei nessa história de leiloar a virgindade também pela aventura, para conhecer lugares e culturas diferentes. Minha vida em Bali é muito boa. Estou em um daqueles hoteizinhos perto da praia, com bangalôs bem rústicos. É lindo", conta.
Catarina frisa que o leilão da virgindade nada tem a ver com qualquer dificuldade financeira. Pelo contrário. A catarinense avisa que a família sempre deu tudo o que precisa (e até mais) para viver bem. Antes de ir para a Ásia, se matriculou em uma faculdade de medicina na Argentina. Tinha tudo para seguir uma carreira conservadora e tradicional. A guinada na história veio de maneira despretensiosa. Catarina se inscreveu no site achando que não ia levar a nada. Em menos de um mês já havia sido selecionada, após trocar e-mails com a direção do site, realizar entrevistas por Skype e enviar alguns vídeos.
"A repercussão do meu caso no Brasil me surpreendeu bastante. Sei o que as pessoas estão falando, mas não estou nem aí. Nunca cogitei mudar de ideia", ressaltou.
Ela e o vencedor vão se conhecer 10 dias após o arremate final e embarcam (a partir da Austrália ou da Indonésia) em um jatinho particular rumo aos Estados Unidos. O ato será realizado em águas internacionais para evitar problemas com as leis australianas. "O que eu menos estou pensando é nesse momento", diz.
O destino do dinheiro também pouco preocupa. Catarina garante que não pensou nisso e nem sequer tem alguma expectativa do valor final. A ideia é usar parte dos recursos para si, mas também dedicar uma quantia para ajudar outras pessoas, principalmente aquelas que lutam para ter uma casa própria.
"Não faço ideia do que farei depois que o avião pousar nos Estados Unidos. Minha única vontade é passar o verão em Santa Catarina, como sempre faço", finaliza.
A mãe de Catarina, que prefere manter a identidade longe dos jornais, sabia desde o princípio da inscrição da filha no site, mas acreditava que tudo era uma brincadeira, sem maiores consequências. "Lembro dela rindo, dizendo que nunca seria selecionada", conta.
A confirmação de que a filha foi escolhida para entrar no leilão, no entanto, deixou a mãe chocada. Ela garante que foi surpreendida com a notícia e que, pela personalidade de Catarina, jamais imaginaria que fosse ter coragem de seguir com a proposta.
"Ela sempre foi diferente no comportamento. Nunca quis ter namorado, não era de ficar com ninguém na balada. Apenas saía para se divertir, nada sério. Não à toa, a pressão que as adolescentes sofrem para iniciar a vida sexual nunca surtiu efeito sobre ela. Pouco se importa com o que os outros falam ou pensam", comenta.
O pai, segundo ela, também foi surpreendido com o leilão (ficou sabendo apenas quando a filha estava na Austrália) e se preocupou com sua carreira e o fato de não ir para Buenos Aires estudar medicina. O pai não está falando sobre o assunto, mora em outra cidade, e é ainda mais discreto do que a mãe.
Desde que o leilão da virgindade veio a público, a rotina da mãe, que mora em Itapema, Santa Catarina, ficou praticamente inalterada. A única diferença são os telefonemas de jornalistas que a procuram para obter mais informações sobre o caso. Fora isso, a vida segue normal. Ela se diz uma pessoa reservada, que mora em apartamento e conversa pouco com os vizinhos. Tenta também se afastar de toda a repercussão. Leu alguns textos na internet, mas nada de passar horas olhando os comentários das redes sociais ou dar ouvidos para as fofocas das ruas. "Continua sendo a minha filhinha querida e amada. Nada mudou entre a gente", garante.

Agência Estado