Pesquisar

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Prefeitura decreta situação de emergência após temporal destelhar casas no Norte Pioneiro

O Norte Pioneiro do Paraná também foi atingido pelo temporal de domingo (27) à noite. Moradores de Santo Antônio da Platina, Jacarezinho e Bandeirantes sofreram com a chuva forte e rajadas de vento de até 75 km/h. Árvores caíram, casas foram destelhadas e ruas ficaram alagadas. Inclusive, a tempestade fez a Prefeitura de Bandeirantes decretar situação de emergência na manhã desta segunda-feira (28). 

Em entrevista ao Bonde, o prefeito de Bandeirantes, Celso Benedito da Silva (PDT), contou que pelo menos cem residências do município foram destelhadas pelo temporal. A maioria delas, segundo ele, fica na Vila São Pedro, localizada na área central da cidade, nas proximidades da estação ferroviária. "A quadra do Colégio Santa Izabel também sofreu com o temporal. Parte das telhas do espaço foi levada pelos ventos e acabou encontrada cerca de 500 metros distante da escola", contou. 

Ainda conforme o prefeito, dezenas de árvores antigas, de até 60 anos de idade, foram arrancadas pela ventania. 

A Coordenadoria Municipal da Defesa Civil e a Secretaria de Assistência Social estão visitando os pontos mais afetados pelo temporal na manhã desta segunda-feira. "Estamos distribuindo lonas para os desalojados e verificando quais serviços podem ser feitos neste primeiro momento", explicou Silva. 

A prefeitura também pretende começar a disponibilizar telhas para os moradores atingidos ainda hoje. Os desalojados, conforme o prefeito, estão na casa de parentes e vizinhos. 

Silva contou, ainda, que a PR-436, que liga Bandeirantes ao município de Itambaracá, precisou ser interditada por conta de queda de árvores. 

Apesar dos danos materiais, ninguém ficou ferido durante o temporal.
Guilherme Batista - Redação Bonde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia