Pesquisar

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Vereadores são presos por tentar extorquir ex-prefeita no Paraná


Três vereadores de Juranda, centro-oeste do Paraná, foram presos em flagrante na tarde de domingo (16) no restaurante de um posto de combustíveis de Campo Mourão por tentativa de extorsão contra a ex-prefeita do município, Leila Miotto Amadei. 

Os vereadores José Theodoro Alves Neto (PTB), Nelson Richard Pinto (PSL), e Pedro Gonçaves (PMDB) exigiam R$ 150 mil para garantir a aprovação de contas da prefeitura em 2009, quando o Executivo era comandado por Leila. Segundo o GAECO de Maringá, acionado pela ex-prefeita, o trio exigia metade do valor antes e pagaria a outra metade após a votação. 

As contas de 2009 já haviam sido aprovadas pelo Tribunal de Contas com ressalvas. 

Presos em flagrante no momento em que recebiam três cheques de R$ 25 mil cada do marido da ex-prefeita, os vereadores vão responder pelo crime de concussão, e podem ser condenados de dois a oito anos de prisão, perder direitos políticos e ter os mandatos cassados.

Redação Bonde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia