Pesquisar

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Tiroteio deixa dois mortos e dois feridos em Cornélio Procópio


No início da tarde de segunda-feira (8), por volta das 12h, em Cornélio Procópio, moradores do Conjunto Florêncio Rebolho ficaram apavorados ao ouvirem uma intensa troca de tiros.
A Polícia Militar foi acionada e ao chegar encontrou quatro pessoas baleadas, duas delas já em óbito e os outros dois feridos, os quais foram levados com urgência para a Santa Casa por equipes de socorro.
As princípio as vítimas fatais seriam os jovens Pedro Felipe Lucindo, conhecido como “Dí” e Antônio Galdino dos Santo, também chamado de “Neto”. Seus corpos foram recolhidos e encaminhados para o Instituto Médico Legal de Londrina (IML)
Entre as vítimas levadas para a Santa Casa poderia estar um menor de idade, que recentemente confessou ter assassinado Júlio Cesar Ferreira, 30, o “Baby”, morto a tiros em plena via pública na noite de 31 de julho (domingo), próximo à área central da cidade, mas a informação ainda não foi confirmada pela PM.
Uma pessoa que teria presenciado o tiroteio sofreu um mal súbito e precisou ser encaminha ao pronto-socorro.
Todas as equipes que integram a 1ª Companhia da PM estão nas ruas e o apoio foi solicitado junto ao comando do 18ªBPM e Polícia Civil, em uma ação em conjunto que cerca os conjuntos habitacionais Florêncio Rebolho, Ayrton Senna, Figueira e toda a mata na região da saída para Leópolis, onde há meliantes armados escondidos.
Ainda de acordo com informações de moradores, foram ouvidos mais de cinquenta disparos e os autores dos homicídios seria um grupo de dez pessoas fortemente armadas com pistolas e uma arma longa, calibre 12, que se evadiram do local e se esconderam em uma mata próxima, a qual está cercada pelas equipes policiais.
A PM não descarta acionar o grupo aéreo do GRAER de Londrina para dar apoio nas busca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia