Pesquisar

domingo, 19 de março de 2017

Klabin apresenta Diretrizes de Desenvolvimento Regional

A Klabin promoveu um encontro nesta quinta-feira, 16 de março, para apresentar as Diretrizes de Desenvolvimento Regional (DDRs) dos 12 municípios da região dos Campos Gerais, que dividirão o ICMS adicional da Unidade Puma, nova fábrica da empresa localizada em Ortigueira, na região dos Campos Gerais. O evento foi realizado no Harmonia Clube, em Telêmaco Borba, cidade vizinha, e reuniu os prefeitos e secretários dos municípios, além de líderes empresariais do polo madeireiro da região. O trabalho de identificação das diretrizes faz parte do Plano de Ação Socioambiental do Projeto Puma e está em linha com a Política de Sustentabilidade da empresa que prevê ações para o desenvolvimento local.

As DDRs foram divididas em dimensões estratégicas, elencadas pela consultoria Interação Urbana, contratada pela Klabin, e servirão de guia aos municípios para atuar em conjunto na melhoria de seus indicadores, orientando as prioridades em quatro eixos estabelecidos para o desenvolvimento sustentável: econômico, social, ambiental e institucional. “A Unidade Puma trouxe diversas oportunidades e possibilidades aos municípios que estão em sua área de influência. As Diretrizes são extremamente estratégicas para o desenvolvimento sustentável da região, pois aliam uma visão global, integrada e de longo prazo com ações relevantes em áreas prioritárias para a gestão pública”, afirma Uilson Paiva, gerente de Relações com a Comunidade da Klabin.

As diretrizes priorizam melhorias de grande impacto socioambiental e, além de impulsionar atividades geradoras de emprego, promovem a inserção social e melhor adequação da distribuição de renda. A dimensão econômica, por exemplo, traz propostas desde a valorização da produção da agricultura familiar e turismo regional; na social e na ambiental são priorizadas ações de abastecimento de água e saneamento, saúde, construções de unidades habitacionais e melhorias viárias, além de educação. Já o o eixo institucional destaca a importância da gestão das DDRs de forma colegiada pelos municípios, unindo esforços e otimizando reivindicações que tenham como base o olhar territorial e não mais apenas restrito ao âmbito de cada município.

Durante o evento, foi realizado um exercício prático com os prefeitos e secretários, em que os participantes elegeram prioridades e debateram formas de articulação estratégica e integrada para colocar em prática as diretrizes, levando em consideração a visão ampla e planejamento de longo prazo. Ao final, os representantes das prefeituras elegeram a Agência da Madeira, rebatizada de Agência do Desenvolvimento Regional do Médio Tibagi, para ser o órgão articulador que levará adiante as ações contidas nas DDRs.
Os 12 municípios contemplados nas Diretrizes do Desenvolvimento Regional são: Cândido de Abreu, Congonhinhas, Curiúva, Imbaú, Ortigueira, Reserva, Rio Branco do Ivaí, Sapopema, São Jerônimo da Serra, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.

A Rede

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia