Pesquisar

sábado, 27 de maio de 2017

Klabin se reúne com municípios que dividirão ICMS

Na última quinta-feira (25), a Klabin, representantes da Secretaria da Fazenda do Estado do Paraná e prefeitos e secretários de 12 municípios dos Campos Gerais (PR) se reuniram no auditório da Unidade Puma, em Ortigueira (PR), para a primeira reunião do Grupo Gestor do convênio do ICMS partilhado. De acordo com o convênio assinado em 2012 entre a Klabin e 12 municípios da região, foi definido que 50% do valor adicionado para o retorno do ICMS, a ser gerado pela Unidade Puma, casse no município sede da nova fábrica (na época, ainda não definido), e os 50% restantes fosse partilhado entre os demais municípios da região, que também integram a base florestal da companhia: Cândido de Abreu, Congonhinhas, Curiúva, Imbaú, Reserva, Rio Branco do Ivaí, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania. 

A divisão atende a critérios que consideram o volume de madeira enviado por cada município às fábricas da Klabin no Paraná (Telêmaco Borba e Ortigueira), a população e a evolução municipal do Índice de Desempenho Municipal (IPDM) do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes). O primeiro repasse dos recursos ocorrerá em janeiro de 2018, considerando os valores de ICMS apurados no ano de 2016. A próxima reunião do Grupo Gestor será realizada em setembro de 2017. “A reunião foi importante para o alinhamento de informação com os prefeitos e para denir os próximos passos que viabilizarão esta divisão de impostos, que consagra, na prática, nosso desejo de que a nova fábrica da Klabin contribuísse não apenas com o município a ser escolhido, mas também para o desenvolvimento dos demais municípios da região”, destaca José Totti, diretor Florestal da Klabin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia