Pesquisar

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Prefeito e vice são cassados por abuso de poder político

A Justiça Eleitoral cassou o mandado do prefeito e do vice da cidade de Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba. A decisão, de terça-feira (18), determina a cassação do mandado do prefeito Luiz Carlos Assunção, além de sua inelegibilidade por oito anos e uma multa no valor R$ 212,8 mil. 

Quanto ao vice-prefeito do município, Nilson de Jesus Pires Falavinha, a Justiça Eleitoral determinou somente a cassação do mandato por integrar a mesma chapa em que foram verificadas irregularidade. 

As acusações são de conduta vedada e abuso do poder político no ano eleitoral. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), as ações irregulares envolvem a realização de 1.552 cadastros do programa "Armazém da Família" sem autorização legal. 

A Justiça Eleitoral também reconheceu que houve prejuízo aos adversários da chapa por causa da ampla divulgação do programa.

Bonde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia