Pesquisar

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Prefeituras terão linha de crédito para renovar maquinário

O governo do Estado lançou ontem uma linha de crédito para que prefeituras renovem seus maquinários com juros baixos ou até sem juros. O programa foi batizado como Paraná Juro Zero Máquinas e Equipamentos. O lançamento oficial ocorreu ontem no Parque de Exposições Governador Ney Braga, em Londrina, e contou com a presença de diversos prefeitos da Região Norte. 

"Estamos reduzindo significativamente os juros desses financiamentos para que as prefeituras possam adquirir equipamentos e máquinas para serem usados na melhoria urbana e readequação das estradas rurais", explicou o governador Beto Richa (PSDB). 

O programa isenta de juros 38 municípios com baixos índices de desenvolvimento (0,6 pela avaliação do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico). Cidades com menos de 20 mil habitantes terão como encargo apenas a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), hoje de 5% ao ano. 

"Também estamos anunciando diminuição nos juros da capacidade de endividamento dos municípios, redução que atinge diretamente 40% da cidades paranaenses. É uma demanda e necessidade neste momento", salientou o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior (PSC). 

O programa Paraná Juro Zero beneficia diretamente 360 municípios. Cidades grandes, como Londrina, por exemplo, têm outra forma de negociação. "Mantemos linhas de financiamento para renovação do nosso maquinário e também no sentido de avançar na pavimentação asfáltica", explicou o prefeito Alexandre Kireeff (PSD). 

Beto Richa confirmou ainda que o Estado firmou acordo com a Concessionária Econorte, que opera o pedágio na região de Londrina, para duplicar trecho de 17 quilômetros entre a BR-369, na divisa entre Londrina e Cambé, e a PR-090, entre Londrina e Bela Vista do Paraíso. 

O investimento chegará a R$ 54 milhões. Estão previstos alargamento do viaduto entre a PR-445 e BR-369, construção de uma trincheira no Jardim Ana Rosa, em Cambé, e duplicação do trecho todo.
Danilo Marconi - O Diario

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia