Pesquisar

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Vice-prefeito é preso por atentado violento ao pudor

Policiais militares da 2ª Companhia do 9º batalhão de Polícia Militar (9º BPM), juntamente com equipes do 6º Comando regional da PM (6 CRPM), realizaram na terça-feira (8), em Pontal do Paraná (PR), litoral do estado, o encaminhamento do vice-prefeito da cidade Euclides Danilo Garbellotti Filho, de 52 anos, que possuía em seu nome um mandado de prisão em aberto. 

"Recebemos uma solicitação, enviada pelo Fórum Eleitoral de Matinhos, para darmos cumprimento a um Mandado de Prisão contra o vice-prefeito de Pontal do Paraná. Segundo o fórum, foi acessado o cadastro eleitoral do suspeito e descobriram que ele tinha em aberto um mandado por atentado violento ao pudor e presunção de violência", explica o capitão César Kamakawa, comandante da 2ª Companhia do 9º BPM. 

O mandado foi despachado para a Polícia Militar cumprir, sendo uma equipe policial deslocada até a residência do vice-prefeito. 

"Quando o suspeito saía de casa, realizamos a abordagem e o encaminhamos à Delegacia de Polícia Civil de Ipanema para as providências necessárias. Durante a prisão ele alegou que as medidas sobre os mandados já estavam sendo tomadas judicialmente", conta o capitão Kamakawa. 

O crime ocorreu em 2007 contra uma adolescente que na época tinha 13 anos. Desde então, o caso corria sob segredo de Justiça. Desde 2009, o crime de atentado violento ao pudor passou a ser considerado estupro.

Redação Bonde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia