Pesquisar

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Prefeito de São Jerônimo da Serra pede afastamento do cargo por 30 dias


O prefeito de São Jerônimo da Serra, Adir dos Santos Leite (PSDB), pediu afastamento do cargo por 30 dias. No ofício, encaminhado à Câmara de Vereadores na segunda-feira, solicitando autorização legislativa para a licença, Adir Leite diz que tomou a decisão em virtude das investigações conduzidas pelo Ministério Público sobre supostos desvios de dinheiro público na administração. 

De acordo com o ofício, o afastamento "é importante para que todos os fatos sejam devidamente esclarecidos e sem que isso traga qualquer prejuízo à administração". Também foram suspensos todos os procedimentos licitatórios da prefeitura. O decreto municipal afirma que a suspensão tem prazo indeterminado e "será automaticamente revogada assim que o Ministério Público devolver os processos licitatórios que foram apreendidos na sua forma original". 

O advogado do prefeito Adir Leite, Maurício Carneiro, informou que o afastamento pode ser renovado após dos 30 dias. "Se até lá as investigações não estiverem concluídas o prefeito deverá renovar a licença." 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia