Pesquisar

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Servidor federal é suspeito de desviar combustível da Prefeitura de Londrina

A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público investiga um servidor da Fundação Nacional da Saúde (Funasa) acusado de desviar combustível da Prefeitura de Londrina. 

O suspeito, identificado como Wilson Coutinho Fonseca, é servidor federal, mas teria trabalhado em ações de combate à dengue em Londrina no ano de 2009. 

A denúncia foi protocolada na Corregedoria-Geral do Município, que, por não ter competência para investigar servidor federal, encaminhou o caso ao Ministério Público (MP). 

Procurado pelo Bonde nesta quinta-feira (18), o promotor de Defesa do Patrimônio Público, Renato de Lima Castro, confirmou a existência da investigação e disse que o servidor é suspeito de cometer um crime de peculato, quando um agente público tira proveito da função que ocupa para realizar algum tipo de atividade ilícita. 

Castro não soube informar quando o servidor teria cometido a irregularidade e a quantidade de combustível supostamente desviada da prefeitura. "Só posso dizer que estamos finalizando o caso", resumiu.
Guilherme Batista - Redação Bonde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia