Pesquisar

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná está com inscrições abertas

Começaram nesta terça-feira (23) as inscrições para o 14º Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná. As inscrições vão até o dia 24 de outubro. As provas serão aplicadas nos dias 18 e 19 de dezembro, na Universidade do Centro-Oeste (Unicentro), Campus Cedeteg, em Guarapuava (região central do Estado). As inscrições são gratuitas no site da Unicentro.
A ficha de inscrição preenchida deverá ser entregue no setor de Vestibulares de uma das Universidades estaduais, junto com o Questionário Socioeducacional. O vestibular permite que o candidato escolha uma entre as universidades paranaenses: Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), Universidade Estadual de Londrina (UEL), Universidade Estadual de Maringá (UEM), Universidade do Oeste do Paraná (Unioeste), Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), e Universidade Federal do Paraná (UFPR). No momento da inscrição, o candidato deverá indicar a universidade em que pretende concorrer à vaga em primeira opção.
O candidato deverá ir até uma das universidades envolvidas para obtenção do Manual do Candidato. Os documentos necessários para candidatos à Universidade Federal do Paraná são: Fotocópia da Cédula de Identidade; Fotocópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF); Carta de autodeclaração; Ficha de Inscrição, devidamente preenchida e assinada; Questionário Socioeducacional, devidamente preenchido. Para candidatos às Universidades Estaduais, além dos documentos citados acima, será exigida a Carta de Recomendação assinada pelo cacique da comunidade à qual pertence o candidato, em que conste a etnia.
Os interessados em participar do vestibular devem ter concluído os estudos relativos ao ensino médio ou equivalente até a data da matrícula (comprovação no ato da matrícula), sendo vedada a participação do candidato indígena que tenha curso superior.
O Diario

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia