Pesquisar

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

A mídia em nossas vidas: Informação ou manipulação ?

A população é facilmente influenciada pela mídia não só no Brasil mas no mundo, principalmente quando está relacionada a novelas e a noticias envolvendo a politica de um modo geral. Nestas, heróis nacionais são criados – ficcionais ou não. Acaba uma novela e inicia outra e os modelos de comportamentos, beleza, moda e outros vão se alterando. Mudam os personagens, a trama e os assuntos abordados e a sociedade vai respondendo a este estímulo produzido. Os padrões difundidos são copiados e seguidos, porém, as pessoas não conseguem adaptá-los a uma vida real, o que gera ansiedade, angústia e frustração, na política ela influencia o voto muda o jeito de pensar de uma sociedade colocando e vinculando fatos da maneira que lhe com vem só destacando o lado ruim e nem sempre o lado bom da noticia, por que noticia boa não da Ibope. 

Quando ouvimos falar que a mídia representa "o Quarto Poder" em uma nação, é preciso avaliar como isso é verdade e o quanto estamos sujeitos a ela e a todas as suas variáveis. A mídia influencia as pessoas no modo de agir, de pensar e até no modo de se vestir. Ela cria as demandas, orienta os costumes e hábitos da sociedade, além de definir estilos, bordões e discussões sociais. A mídia dita as regras, as tendências, os padrões de beleza, os ídolos a serem adorados e seguidos, os vilões que temos que odiar ou julgar sem mesmo saber ou conhecer, simplesmente por que a mídia assim coloca impondo padrões de beleza cada vez mais inatingíveis. E impulsiona homens e mulheres em busca daquele corpinho que só o photoshop sabe produzir faz um demônio virar um anjo e um anjo virar um demônio.

Contudo, além de não podermos subestimar o poder da influência da mídia na vida das pessoas, também não podemos ignorar a importância desta caso seja utilizada de forma mais ética e consciente. Quero dizer que o poder que os veículos de comunicação têm para mobilizar as pessoas é muito grande e pode ser usado para o bem ou para o mal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia