Pesquisar

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Vereadores têm mandato cassado por falsificação de documentos no Paraná

Dois vereadores de Reserva, nos Campos Gerais, tiveram seus mandatos cassados nesta terça-feira (4), após condenação pela prática de falsificação de documento público para fins eleitorais e uso de documento falso, vinculada às eleições de 2012. Segundo apurado pelo Ministério Público do Paraná, os vereadores valeram-se do cargo, em 2012, para falsificarem documento público e se beneficiarem nas eleições. 


De acordo com as investigações do MP-PR, os vereadores falsificaram um documento para justificar idas constantes de um deles ao Posto de Saúde do município, onde usava de sua influência para agendar consultas e exames de modo a favorecer o atendimento a eleitores, com o intuito de obter votos. 



Os acusados foram denunciados em 2013 e condenados em 2014. Após julgamento de recurso dos réus, a condenação foi confirmada pelo Tribunal Regional Eleitoral. O Juízo Eleitoral de Reserva, reconheceu a perda do mandato como efeito lógico e direto da sentença condenatória.

BONDE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia