Pesquisar

sábado, 10 de outubro de 2015

Tempestades danificam 2,4 mil casas no PR

Quase 10 mil paranaenses foram afetados pelas tempestades acompanhadas de ventos e granizo que caíram no Estado entre anteontem e ontem. Segundo o último boletim da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, mais de 2,4 mil casas foram danificadas em 17 municípios devido ao mau tempo. A principal cidade atingida foi Ipiranga, nos Campos Gerais, onde metade da população de 15 mil habitantes foi afetada pelo granizo e 1.780 casas sofreram destelhamentos. 
"Além disso, 25 moradores tiveram ferimentos leves por causa da tempestade que começou no final da tarde e durou sete minutos. Todos os prédios públicos da cidade foram afetados, entre eles, a prefeitura, postos de saúde e escolas", informou o prefeito de Ipiranga, Roger Selski. De acordo com ele, lonas e telhas estão sendo distribuídas para que as pessoas permaneçam nas residências sem necessidade de deslocamento ao abrigo formado em um ginásio de esportes. 
Conforme o porta-voz da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, capitão Eduardo Gomes Pinheiro, uma equipe permanece na cidade para levantar dados e apurar se existe a necessidade de ajuda humanitária aos moradores afetados. A Defesa Civil também continua no local realizando a distribuição de lonas. Segundo dados do Simepar, tempestades podem atingir diferentes regiões do Estado até o início da semana que vem. "Trabalhamos com 15 centros regionais junto ao Corpo de Bombeiros para atendimento imediato das situações. Estamos em sistema permanente de plantão", declarou Pinheiro. Além de Ipiranga, Borrazópolis (Norte) e Cascavel (Oeste) foram bastante atingidos pelas chuvas. 

Doações

A Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG), composta por 19 prefeituras, organiza uma campanha de arrecadação de donativos na região em benefício dos moradores de Ipiranga. Telhas onduladas, lonas, colchões, mantimentos e roupas podem ser doados nas prefeituras. Em Ponta Grossa, as doações podem ser entregues na sede da AMCG, na Rua Ataulfo Alves, 351, no Jardim América. Em Ipiranga, a entrega é na quadra Adir Fernandes, na região central, onde desabrigados estão sendo atendidos pelo município. A Prefeitura de Ipiranga também disponibilizou o telefone (42) 8871-4090. 

Shows adiados

A forte tempestade também atingiu o Norte do Paraná e destruiu boa parte da estrutura que receberia diversos shows da programação musical da Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial da Região de Cornélio Procópio (Expocop). 
Diante da previsão de chuva para os próximos dias e a falta de tempo para reconstruir a arena de shows, a produtora responsável resolveu suspender as apresentações. "Não vamos cancelar. A intenção é transferir para a próxima semana, provavelmente entre quarta e sexta, dependendo da agenda dos artistas", afirma Allysson Kalil Cordeiro, diretor da rádio Graúna FM e da AKC Produtora, que organizam a programação artística da Expocop. 
(Colaborou Auber Silva/Grupo Folha)
Rafael Fantin
Reportagem localFolhaWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia