Pesquisar

domingo, 20 de janeiro de 2013

Vereador é condenado por contratação de fantasmas

O vereador de Cascavel Mário Seibert (PTC), que está afastado do cargo, foi condenado a cinco anos e quatro meses de prisão em regime semiaberto pela prática de peculato - quando o funcionário público se utiliza do cargo para desviar recursos. Seibert é acusado pelo Ministério Público (MP) do Paraná de ter articulado a contratação de dois funcionários fantasmas no Legislativo. Na sentença, publicada na última quarta-feira, a juíza da 3 Vara Criminal de Cascavel, Filomar Helena Perosa Carezia, também determina a perda do mandato do parlamentar, o que deve ocorrer depois da análise do processo em instâncias superiores. Seibert pode recorrer em liberdade. As informações são do repórter Edson Ferreira, da Folha de Londrina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia