Pesquisar

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Expansão da Klabin gera 8,5 mil empregos no Paraná


O governador Beto Richa assinou nesta quinta-feira (9) dois protocolos de intenções com a Klabin para enquadrar no programa Paraná Competitivo investimentos que somam cerca de R$ 7 bilhões. O primeiro é para implantação de uma nova unidade de celulose em Ortigueira. O projeto Puma, como a empresa denomina, terá investimento de R$ 6,8 bilhões. O outro protocolo, de R$ 230 milhões, é para modernização da unidade de Telêmaco Borba. 

A nova unidade de Ortigueira irá criar 8,5 mil empregos diretos e indiretos na fase de construção, e 1.400 postos para a operação da fábrica. Pelo acordo, 12 municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) vão repartir o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). 

A fábrica da Klabin tem produção projetada de 1,5 milhão de toneladas de celulose por ano. O projeto começa a ser implantado neste ano e a previsão é entrar em operação em 2015. 

A nova fábrica da Klabin será construída em área própria da empresa, localizada na comunidade rural conhecida como Campina dos Pupo, a 15 quilômetros da área urbana de Ortigueira. O empreendimento trará ganhos econômicos e sociais, que resultarão em incremento da renda para a região, com atração de novas empresas, oportunidades de empregos, aumento na demanda para o setor de serviços, formação e qualificação profissional, melhoria da infraestrutura regional. 

Pelo acordo firmado com o governo do Estado, a Klabin se compromete a investir na preservação do meio ambiente, em conformidade com as legislações municipal, estadual e federal; a concentrar suas exportações e importações necessárias ao empreendimento e suas exportações nos portos e aeroportos paranaenses, com desembaraço aduaneiro no Estado.
Redação Bonde com AEN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia