Pesquisar

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Polícia prende mulher acusada de ajudar genro a planejar morte da filha

A Polícia Civil de Apucarana (a 65 quilômetros de Maringá) prendeu Célia Forti, 48 anos, na manhã desta sexta-feira (24). Ela é suspeita de ter ajudado o genro Bruno José da Costa, 25 anos, - de quem seria amante - a planejar o assassinato da própria filha, Jéssica Carline Ananias da Costa, 22 anos.
Célia foi presa em sua residência, na cidade de Arapongas (a 66 quilômetros de Maringá), e levada para a delegacia de Apucarana. O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Ministério Público (MP). Ao ser detida, a mulher confessou o caso com o genro, mas negou participação no crime.
Jéssica foi encontrada morta na madrugada no último dia 9 na casa em que morava com Costa, no Jardim Presidente Kennedy, em Apucarana. O corpo da jovem apresentava 25 perfurações de golpes de faca.
Na primeira versão dada à polícia, Costa disse que a mulher havia sido vítima de latrocínio. Horas depois, pressionado pelo polícia, ele acabou assumindo a autoria do crime.
Rosângela Gris - O Diario

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia