Pesquisar

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Sem estrutura, trecho da PR-092 tem acidente entre três caminhões

A perigosa combinação de alto tráfego de caminhões e uma estrada precária, sem acostamento, causou um acidente na tarde desta quinta-feira que, por muito pouco não terminou em tragédia. Flávio Cardoso, 41 anos, morador de Bataguassu (MS) trafegava pelo km 354 da PR-092, sentido Santo Antônio da Platina-Andirá quando fez uma curva e se deparou com outro caminhão, um Scania contêiner parado na contramão em um trecho de declive acentuado.
Cardoso conseguiu tirar o caminhão frigorífico para o acostamento, mas quando voltava para a pista, bateu na lateral de um caminhão graneleiro que seguia à frente, no mesmo sentido. Ele e a mulher, Mary Anne Miranda Chiezi, que viajava junto, sofreram apenas escoriações. “Por sorte batemos neste caminhão, se ele não tivesse ali, poderíamos ter batido de frente com outro que vinha na direção contrária”, contou a mulher.
O casal acionou o seguro e o Laticínio Vale do Pardo, em Bataguassu para que outro caminhão recolhesse a carga. Eles tinham dormido em Ourinhos (SP) e seguiriam para Cornélio Procópio fazer entregas. O destino final era Foz do Iguaçu. Apesar do susto, ninguém se feriu gravemente e os veículos tiveram danos pequenos.
A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) atendeu a ocorrência e controlou o tráfego que ficou paralisado por cerca de 50 minutos. O congestionamento chegou a 2,5 quilômetros nos dois sentidos. Após a remoção dos caminhões por um guincho, a pista foi liberada.
O trecho de 38 quilômetros da PR-092 está em constante manutenção pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a rodovia construída para receber caminhões de pouco peso, hoje sofre com bitrens canavieiros com carga acima do permitido. A pista também é muito utilizada como alternativa ao pedágio da BR-153, em Ourinhos.
Tano site

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia