Pesquisar

terça-feira, 11 de junho de 2013

Socorristas do Samu são presos com crack em ambulância, diz polícia

Dois socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) deFoz do Iguaçu, no oeste do Paraná, foram presos por volta das 6h desta terça-feira (11) com dois quilos de crack. A droga foi encontrada dentro da ambulância da equipe por policiais da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) próximo ao Mercado Municipal de Curitiba.
Segundo um dos investigadores que participou da ação, a apreensão foi feita depois de uma denúncia anônima que envolveu um casal. De acordo com a polícia, os dois embarcaram em um ônibus para a fronteira na segunda-feira (10) e retornaram no mesmo dia, à noite. Quando faziam o trajeto de volta para Curitiba, passaram a ser seguidos pelos policiais. Depois disso, ao desembarcar na Rodoferroviária, foram flagrados conversando com os socorristas do Samu. Ao serem abordados, os quatro suspeitos negaram qualquer envolvimento, mas ao vistoriarem a ambulância, os policiais encontraram a droga.
Todos foram presos em flagrante e levados para a delegacia. Aos policiais, um dos socorristas disse que eles estavam na capital porque trouxeram um paciente ao Hospital de Clínicas (HC). Os suspeitos começaram a ser ouvidos pela delegada Camila Ceconello por volta das 8h.
O coordenador da frota da Secretaria Municipal de Saúde, Osmar José da Silva, disse ao G1que a ambulância e o motorista estavam autorizados pela prefeitura para viajar até Curitiba para onde levaram um paciente. O outro ocupante, também socorrista, não estava autorizado a viajar. "Paralelo às investigações, vamos tentar liberar a ambulância, muito utilizada e necessária no atendimento na cidade", comentou ao explicar que o serviço de transporte de pacientes para outros municípios, chamado Tratamento Fora do Domicílio (TFD), é bastante comum e feito pelos servidores do Samu fora do expediente normal.
A direção do Samu em Foz do Iguaçu informou que os socorristas também responderão administrativamente pelas irregularidades.
Mais de meia tonelada
Policiais rodoviários federais apreenderam 665 kg de maconha no porta-malas de um carro na noite de segunda-feira (10) na região de Matelândia, no oeste do Paraná. A droga estava sendo transportada em um veículo com placas de Porto Alegre, roubado em abril. Segundo os patrulheiros, o automóvel foi perseguido, mas o motorista conseguiu fugir após abandonar o carro e a droga. Até as 10h30, ele não tinha sido localizado pela polícia.


Fabiula WurmeisterDo G1 PR, em Foz do Iguaçu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia