Pesquisar

terça-feira, 20 de maio de 2014

Ex-prefeito é condenado por ‘reserva de placas’

O ex-prefeito de Leópolis (Norte Pioneiro), Antonio Gonçalves (2005-2008), foi condenado por gastar dinheiro público para reservar, no Departamento de Trânsito (Detran), placas de dois veículos da prefeitura com as iniciais de seu nome e o número do partido (ATG 1414 e 1415). A sentença, proferida pela juíza da 1ª Vara da Fazenda Pública de Cornélio Procópio, Rafaela Somma, determinou o ressarcimento ao erário de R$ 100 (cada placa custou R$ 50); suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público por cinco anos; e multa civil de R$ 200. A ação foi ajuizada em 2009, pela administração da prefeita Cléa Oliveira, e é passível de recurso ao Tribunal de Justiça (TJ).

No processo, Gonçalves alegou que "desconhecia as reservas de placas e afirma inexistência de dano ao erário, pois o valor pago pelo serviço do Detran foi revertido em favor da Provopar", argumentos descartados pela magistrada. "O gasto de R$ 100 foi em benefícios pessoal e partidário, distante, portanto, da moralidade administrativa que o cargo exigia", escreveu. Gonçalves e seus advogados não foram localizados pela reportagem.
Loriane Comeli
Reportagem Local FolhaWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia