Pesquisar

domingo, 31 de agosto de 2014

Centro de treinamento de galos de rinha é fechado no Norte Pioneiro

A Polícia Ambiental de São Sebastião da Amoreira desmantelou, na tarde de sexta-feira, em Nova Fátima (Norte Pioneiro), um local utilizado como centro de treinamento de galos de rinha. Quatro pessoas foram detidas por maus-tratos a animais e 72 galos foram apreendidos. No local, os policiais encontraram anabolizantes e esteroides, de venda proibida no Brasil, substâncias usadas para desenvolver a musculatura e aumentar a agressividade dos galos. 

"Alguns animais estavam cegos, bastante machucados, e em muitos percebemos o peito bastante inchado, em função das injeções de anabolizante que tomavam, o que é altamente prejudicial", conta o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária, Rafael Haddad, que esteve no local para averiguar as condições de saúde dos animais. 

Segundo o soldado Leonardo Cardoso, da Polícia Ambiental, os animais pertenciam a diferentes proprietários. Um dos detidos morava em um cômodo do barracão onde os galos eram mantidos. Ele trabalhava como cuidador dos animais. "Os galos eram deixados lá para que fossem treinados para as rinhas, tomassem anabolizantes e outros remédios. Ele recebia dinheiro para manter esses animais. Pelos galos considerados vitoriosos, chegava a receber um salário mínimo por mês". 

No local, foram encontrados materiais utilizados para o treinamento dos animais, como protetores de biqueiras e utensílios das brigas, como esporas de aço. A polícia também suspeita que o local era utilizado como ponto para rinhas de galo. "Mas devem existir outros lugares também, que serão investigados", diz Cardoso. 

Os detidos assinaram Termo Circunstanciado de Infração Penal (TCIP) e responderão pelo crime em liberdade. O local foi lacrado e os animais identificados. Eles permanecem no barracão até que o Instituto Ambiental do Paraná encontre local adequado. Todos passaram por avaliação veterinária. Segundo o policial, o morador ficou como fiel depositário dos animais. "Se algum deles desaparecer, ele será o responsável e poderá ser preso".
Rubia Pimenta
Reportagem LocalFolhaWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia