Pesquisar

quinta-feira, 16 de julho de 2015

AL aprova isenção de pedágio para doentes

Na última sessão plenária antes do recesso ontem de manhã, os deputados estaduais aprovaram em redação final o projeto de lei nº 185/15 isenta do pagamento de pedágio pessoas com doenças graves e degenerativas em tratamento de saúde fora do município de seu domicílio. 

Segundo o autor da proposta, o deputado Ricardo Arruda (PSC), muitas pessoas precisam se deslocar para cidades onde não têm residência em busca de um melhor atendimento, situação que provoca ônus para esses pacientes. "O pedágio no Paraná é um custo muito alto e os mais carentes não têm condição de pagar um valor tão alto. É uma fortuna e muitas vezes os pacientes gastam mais com pedágio do que com combustível", ressaltou. 

Na mesma sessão também passou em redação final a mensagem que propõe a implantação de centros de zoonoses nos municípios-sedes das regionais de Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Outro projeto aprovado na Casa trata da reserva de acomodação para pessoas com deficiência física em estádios, ginásios esportivos e clubes sociais. Agora, os parlamentares só voltam a reunir na AL no dia 3 de agosto, após o período de recesso. A princípio, nenhuma votação polêmica está prevista para o segundo semestre.

Rubens Chueire Jr.
Reportagem LocalFolhaWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia