Pesquisar

Carregando...

sábado, 19 de abril de 2014

RESPEITO AOS ÍNDIOS: 19 de abril dia do Índio


Os índios merecem todo o nosso Respeito, carinho e amor.

Até hoje algumas tribos vivem em aldeias, preservando com garra sua própria raça.

Quando os portugueses aqui chegaram já encontraram os índios vivendo e tomando conta das nossas terras.

Os índios respeitam e preservam a Natureza. Amam os animais e cuidam com carinho, amor e imenso respeito da nossa fauna e da nossa flora.

Vivem em contato com a natureza e consideram-se os verdadeiros donos das terras.

Os índios seguem uma alimentação natural e saudável, por isso geralmente são fortes, risonhos e felizes, principalmente aqueles que não têm contato com os homens brancos.

Adoram caçar, pescar e plantar! Tirando da terra sua alimentação e sobrevivência preferem viver longe da civilização, pois têm sua própria cultura e suas próprias leis.

Vamos amar nossos índios com todo o respeito que eles merecem!
Eles fazem parte da história do nosso povo!
Eles fazem parte da história do nosso país!
É importante que os índios sejam lembrados todos os dias como nossos irmãos, pois dão exemplo de pureza e dignidade sempre.

Adoradores da lua e do sol vivem em perfeita harmonia com mares, rios e florestas!
Verdadeiros donos das nossas terras!

Rapaz é alvejado após briga com cunhado em Bandeirantes

Uma briga entre cunhados resultou em disparos de arma de fogo no final da tarde do feriado de sexta-feira (18) em Bandeirantes. Socorristas do Siate e também do Samu foram acionados para a ocorrência, registrada na Avenida São Paulo, na Vila Macedo.
Chegando ao local, as equipes encontraram Fernando Cesar Leite, de 33 anos, com dois tiros nas pernas dentro de um veículo. Familiares da vítima o retiraram do carro e ajudaram a encaminhar a vítima para o atendimento mais especializado.
Leite tinha duas perfurações na perna direita. Ele contou à Polícia Militar (PM) que em uma briga o cunhadoperdeu a cabeça, pegou um revólver e passou a atirar contra ele. O autor dos disparos fugiu em uma Belina de cor dourada e tomando rumo ignorado.
A vítima foi encaminhada para a Santa Casa para cuidados médicos. As equipes da PM realizaram buscas, mas até a manhã deste sábado (19) o cunhado de Leite não havia sido encontrado.

O Diario

O que é o Sábado de Aleluia - A vigilia pascal do Sábado Santo, simbologia

Qual o significado do sábado de aleluia também conhecido como sábado santo, dia de reflexão e de vigília na espera da ressurreição do salvador.


A semana santa é composta de várias datas com forte simbolismo, com simbologia que explica a morte e ressurreição de Jesus.
O sábado santo ou sábado de aleluia é também conhecido como vigília pascal, período em que as pessoas se reúnem em profunda oração aguardando a ressurreição do Cristo Salvador.

Esse é um dia de reflexão, vigília, espera pelo momento da ressurreição de Jesus, sua volta triunfante do mundo dos mortos para salvar os homens de todos os seus pecados, um ato de amor supremo pela humanidade.

Devido a esse momento de vigília e reflexão que o sábado santo ou sábado de aleluia é tão respeitado pelos cristãos, pelas pessoas que realmente entendem o que é a páscoa.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Programas da Copel levam melhorias para comunidades indígenas


A Companhia Parananese de Energia (Copel) investe R$ 14 milhões na execução de projetos para o desenvolvimento sócio ambiental de comunidades indígenas. Uma das comunidades atendidas é Apucaraninha, localizada em Tamarana, na região Norte do Estado, que além dos projetos nas áreas cultural, ambiental, produtiva e socioambiental, recebe também capacitações para a produção de alimentos nas aldeias. 

Entre as ações, estão em andamento a manutenção de uma horta comunitária na aldeia-sede, o planejamento do plantio de alimentos em sistema de cultivo alternativo - em que prevalece a variedade de alimentos - e a criação de frango caipira. A Copel financiou a compra de sementes, instrumentos agrícolas, ração, frangos para ciclo de reprodução e engorda e poedeiras, entre outros. Também já foram implantados um novo barracão para armazenamento de insumos, um sistema de comunicação por alto-falantes e diversas estruturas para abrigar a criação de frangos. 

O programa, que faz parte de um acordo firmado em 2006 para indenizar ocupantes de terras indígenas atingidas pela Usina Hidrelétrica de Apucaraninha, conta com a consultoria de dois engenheiros agrônomos e a gestão de um comitê formado por integrantes da Copel e representantes indígenas. O recurso é depositado em um fundo específico. 

COLHEITA – Apucaraninha também é atendida pelo Projeto Básico Ambiental da Usina Mauá, uma iniciativa que oferta às comunidades indígenas atingidas pela construção da Usina Hidrelétrica de Mauá, no rio Tibagi, condições de desenvolvimento de culturas agrícolas. Neste mês de abril será concluída a colheita das safras de feijão e milho. O plantio da próxima safra também já começou e deve ultrapassar 300 hectares de lavoura de milho, feijão, mandioca, abóbora, café, entre outros. 

O preparo do solo para o plantio, os insumos, o maquinário, o pagamento de mão de obra e o suporte técnico são financiados pelo Consórcio Energético Cruzeiro do Sul, formado pela Copel e pela Eletrosul. 

As comunidades indígenas atendidas pelo programa são Mococa, Queimadas, Apucaraninha, São Jerônimo, Barão de Antonina, Posto Velho, Laranjinha e Pinhalzinho. Cerca de 3 mil indígenas são beneficiados pelo programa. 

Também são desenvolvidos programas de articulação de lideranças indígenas, vigilância e gestão territorial, recuperação de áreas degradadas e proteção de nascentes, melhoria da infraestrutura, fomento à cultura e às atividades de lazer, monitoramento da fauna e da qualidade da água. 

MORADIAS - O Governo do Paraná trabalha para atender com moradias as comunidades indígenas do Estado. Hoje, são 95 unidades que estão em análise e em projeto. Serão atendidas as aldeias Guarani e Caingangue nas cidades de Palmas, na região Sudoeste; Ortigueira, nos Campos Gerais; Piraquara, na região Metropolitana de Curitiba; e São Jerônimo da Serra, no Norte Pioneiro. 

Em Palmas, são 22 unidades para famílias da etnia Kaingang; em Ortigueira, são duas comunidades atendidas: Queimadas (16 unidades) e Mococa (12 unidades) para índios Caingangue; em Piraquara, a comunidade Guarani terá 17 moradias e em São Jerônimo da Serra, 28 famílias Caingangue serão beneficiadas. Os investimentos para a construção destas casas são de R$ 2,7 milhões pelo programa estadual de habitação rural, feito pela Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), em parceria com o governo federal. 

ENERGIA – O Programa de Eficiência Energética mantido pela Copel atende 2,2 mil residências de famílias indígenas em 16 localidades, com a substituição de chuveiros, lâmpadas, refrigeradores e instalações elétricas antigas por equipamentos novos e mais eficientes, que garante eficiência no consumo e também segurança e qualidade de vida aos moradores. 

Prefeito Adir Leite entrega Ovos de chocolates e é Recebido com muita alegria pelos alunos da Escola no Bairro do Passo Liso.



Nessa quinta-feira, 17 de abril, estivemos acompanhando o Prefeito Adir Leite nos Bairros e Distritos do Município de São Jerônimo da Serra e pudemos a registrar a alegria da criançada da Escola Municipal Santo André no Bairro Passo Liso. As crianças Receberam em mãos pelo Prefeito ovos de páscoa. Estavam presentes a Coordenadora Neide, Professoras Vivian e Margarete e a Zeladora Carla que agradeceram o Prefeito por essa atitude de presentear as crianças com os deliciosos ovos de Páscoa.

http://reginaldosaturnino1.blogspot.com.br/

SASC Futebol Clube de Santo Antônio do Paraíso foi a equipe campeã do Regional de Futsal de São Jerônimo da Serra





SASC Futebol Clube de Santo Antônio do Paraíso foi a equipe campeã do Regional de Futsal de São Jerônimo da Serra vencendo de virada a equipe do FUNESPLAN de Santa Cecília do Pavão por 5 x 3 em um jogo emocionante que empolgou os torcedores que lotou o Ginásio de Esportes Júnior da Eletrônica.

A grande final contou com a presença do Prefeito Adir Leite e também do Diretor da 18ª Regional de Saúde de Cornélio Procópio Edimar Santos que fizeram a entrega de troféus para as equipes e atletas. O campeonato foi organizado pelo Luiz Fernando Luz (Moranguinha) e teve total apoio da Prefeitura Municipal de São Jerônimo da Serra.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Policial Civil de São Jerônimo da Serra é homenageado em Cornélio Procópio.

O Escrivão de Polícia Osmar Vieira, que também comanda um programa sertanejo na Rádio Gazeta FM, foi homenageado na data de hoje (16/04) em solenidade realizada no Centro Cultural de Cornélio Procópio, que contou com as presenças do Deputado Estadual Mauro Moraes, do Chefe da 11ª Subdivisão Policial de C. Procópio Dr. Alysson Henrique de Souza e demais delegados e policiais civis presentes. A homenagem foi prestada por relevantes serviços prestados pelo Escrivão de Polícia ao Estado do Paraná. 

Osmar Vieira é o único policial civil de carreira da Comarca de São Jerônimo da Serra/PR, que atua na Delegacia de Polícia Civil de São Jerônimo desde o ano de 2009. A homenagem recebida por Osmar conta pontos na promoção dentro da carreira da Polícia Civil do Estado do Paraná. Parabéns!

http://reginaldosaturnino1.blogspot.com.br/