Pesquisar

sábado, 31 de março de 2012

João Luiz coloca seu nome como candidato a prefeito

O vice prefeito de São Jerônimo da Serra, João Luiz Perusso (PMDB), aceita convite de seu partido e do Prefeito Carlos Sutil (Carmo), e é pré candidato a prefeito.
João Luiz, oriundo de família pioneira do município, terá a chance agora de administrar o município, que segundo ele "é terra de seus avôs, pais, filhos e netos", e por isso terá a maior responsabilidade na condução dos destinos de sua gente.
"Nós fizemos um trabalho ao lado do prefeito Carmo nesses quase oito anos, frente a município de São Jerônimo da Serra, por que tínhamos um projeto de desenvolvimentos do nosso município. E nesse período fizemos um trabalho que tem o reconhecimento da população, tanto na saúde como na educação, ou seja, em todos os seguimentos" 
E agora com a aproximação das eleições 2012, estou sendo convidado pelo prefeito Carmo, pelas lideranças políticas, pelos amigos que temos no município e também pelo partido PMDB, para ser candidato a prefeito.
Sendo assim, depois de analisar muito e acreditar no potencial de nossa gente, eu aceitei colocar meu nome como pré-candidato a prefeito. Se o meu nome for escolhido, nas convenções de junho, nós iremos à luta para mostrar para nosso povo, o que fizemos nesses oito anos e que pretendemos fazer nos quatro anos seguintes"
"São Jerônimo é um município externo, rico e tem coisa pra se fazer. Nesses quase oito anos, a administração do Prefeito Carmo, na qual eu participei ativamente, fizemos muito para educação, agricultura e para saúde. Hoje eu conheço como poucos como funciona a administração de nossa prefeitura e consequentemente a de nosso município. Nós sabemos onde deve ser feito maiores investimentos, onde o trabalho precisa ter continuidade e onde precisa ser melhorado. E sei que muito tem que ser melhorado" analisa Perusso. 
" A partir de agora, estaremos viabilizando nossa pré-candidatura aos demais partidos parceiros e, é claro, junto à população, para que em junho possamos efetuar uma bem estruturada Convenção e as Coligações, para que juntos, possamos fazer uma excelente campanha, batendo de porta em porta, falando com nossa gente sobre nossas conquistas e o que pretendemos fazer como prefeito de São Jerônimo da Serra" , arremata João Luiz.


fonte. Revelia




quinta-feira, 22 de março de 2012

Fábrica de R$ 6,8 bi vai gerar receita para 12 municípios da região

O governador Beto Richa recebeu nesta quinta-feira a diretoria da Klabin Papel e Celulose e prefeitos de doze municípios dos Campos Gerais e Norte Pioneiro para assinatura de um convênio pelo qual os municípios concordam em compartilhar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) proveniente das operações de uma nova fábrica de celulose que a empresa vai construir no Estado.
O novo empreendimento da Klabin tem investimento previsto de R$ 6,8 bilhões, e será enquadrado no programa de incentivos fiscais Paraná Competitivo. A produção projetada é de 1,5 milhão de toneladas de celulose por ano e deve iniciada ao final de 2014.A sede da nova fábrica, que ainda está em estudo, será em um dos 12 municípios conveniados: Cândido de Abreu, Congoinhas, Curiúva, Imbaú, Ortigueira, Reserva, Rio Branco do Ivaí, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.
Participaram do encontro os deputados estaduais Alexandre Curi e Cleiton Kielse, os prefeitos de Congoinhas, Luiz Henrique Cursino; Imbaú, Lauir de Olveira; Ortigueira, Geraldo Magela do Nascimento; Reserva, Frederico Bittencourt Hornung Neto; Rio Branco do Ivaí, Rui Manoel Lopes dos Santos; São Jerônimo da Serra, Carlos Sutil; Telêmaco Borba, Eros Danilo Araújo; Tibagi, Silval Ferreira da Silva; e de Ventania, Ocimar Bahanert de Camargo; além dos diretores Klabin na área jurídica, Joaquim Miro Neto; planejamento, Francisco Razzolin; e o diretor florestal, José Artemio Totti. 





sábado, 17 de março de 2012

ADIR LEITE AGORA É PSDB!!!

Adir dos Santos Leite foi convidado pelo governador Beto Richa, PSDB, para assumir a presidência do partido em São Jerônimo da Serra e representar o partido como candidato a prefeito em 2012. Adir Leite aceitou, já montou a provisória e está em campanha, montado o programa de governo para disputar as eleições. Adair Leite poderá contar com o apoia do governador Beto Richa e alguns deputados como Alfredo Kaefer, PSDB e Hermas Brandão Junior, PSDB.
Com isso podemos dizer que Adir Leite será o candidato do governo a prefeito em São Jerônimo da Serra, pois o Pré candidato João Luiz Perusso também esperava contar com o apoio do governo, tornando assim mais quente a disputa pela Prefeitura de São Jerônimo da Serra.

Cidade vai ter banda larga da Oi a partir de R$ 29,90


O município de São Jerônimo da Serra é uma das 12 localidades do Paraná foi contemplada com internet banda larga da operadora Oi a partir fevereiro desse ano.
As cidades paranaenses beneficiadas são Cafeara, Catanduvas, Fernandes Pinheiro, General Carneiro, Ivaí, Lidianápolis, Maripá, Paranacity, Paula Freitas, Rio Bonito do Iguaçu, Santa Inês e São Jerônimo da Serra.
Esses municípios fazem parte de uma lista de 153 cidades a ser atendidas nesse mês.
O novo serviço de internet do grupo Oi de Telecomunicações se refere a expansão do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), prevendo a inclusão de mais 303 novos municípios até março.
Ao todo a empresa espera atingir 1.200 cidades no primeiro semestre deste ano, e chegar a 2014 com 4.800 municípios cobertos com a banda larga popular, conforme compromisso assumido com o governo. Entre abril e junho outras 297 serão atendidas com o serviço.
O serviço custará R$ 35 em cidades onde não há convênio para isenção de impostos, como o Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). Em cidades onde há o benefício fiscal, o custo da banda larga será de R$ 29,90 – como e o caso do Paraná.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Richa lança programa social para atender 100 mil famílias

O governador Beto Richa e a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, lançaram nesta quarta-feira (14/03), em Curitiba, o programa Família Paranaense. A iniciativa tem como objetivo reduzir o grau de vulnerabilidade social de 100 mil famílias de cerca de 300 municípios até 2014.


Beto Richa afirmou que é inadmissível que um terço da população paranaense viva em municípios com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) inferior a média brasileira. Por isso, destacou ele, todos os setores do governo estadual devem concentrar esforços na melhoria da qualidade de vida das famílias paranaenses e combate à pobreza. Ele disse que o trabalho social que realizou como prefeito de Curitiba permitiu tirar 60% da população mais carente da cidade da condição de extrema pobreza.

Serão analisados requisitos como renda, situação do domicílio, trabalho infantil, falta de acesso aos serviços públicos, situações de violência, pessoas com deficiências, uso de drogas, entre outros fatores sociais.

A perspectiva do governo estadual é iniciar o programa em 30 municípios. O mapeamento das cidades prioritárias é feito com base em três critérios: menor Índice Ipardes de Desempenho do Município (IPDM), maior percentual de extrema pobreza e avaliação da gestão da política de assistência social municipal.

Outros índices considerados são: grande concentração de moradias precárias, baixa taxa de aprovação escolar e alto índice de gravidez na adolescência. Entre os municípios apontados pelo mapa social estão as cidades de Cruz Machado, Santa Cecília do Pavão e São Jerônimo da Serra, que demonstraram fragilidade nas áreas de saúde, habitação e educação.

Para o prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar Santos, a iniciativa será fundamental para que o município de três mil habitantes reduza o número de pessoas em situação de risco social e de vulnerabilidade. “É o resgate da dignidade e o começo da redução de um problema sério do Paraná”, disse o prefeito. Ele também destacou que moradia é o principal item que compromete a qualidade digna de vida no município.


.