Pesquisar

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Após repercussão negativa, Richa suspende fechamento de escolas no Paraná


O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), anunciou em seus perfis nas redes sociais na manhã desta sexta-feira (30) a suspensão de "qualquer medida que esteja em curso na Secretaria da Educação e que implique no fechamento de escolas ou colégios estaduais". 

Segundo o governador, a decisão foi tomada em reunião com a secretária da Educação Ana Seres. "Chegou-se a um bom termo e a variável locação está suspensa, ou seja, as nossas escolas que funcionam em prédios alugados e seriam remanejadas por esse motivo continuam onde estão", esclareceu a secretária da Educação. 

"Determinei também que sejam retomados os critérios utilizados nos últimos anos para o planejamento e ensalamento de estudantes que vierem a ser matriculados para o ano letivo de 2016", publicou o governador. 

A medida é anunciada logo após a repercussão negativa observada em todo o estado. Na quinta-feira (29), em Londrina, alunos e professores fecharam a rotatória das avenidas JK e Higienópolis para protestar contra o fechamento de mais de 40 escolas localizadas em prédios alugados. A lista com as escolas que seriam fechadas nem chegou a ser divulgada.


Na terça-feira (27), a secretária Ana Seres afirmou que a ideia era fazer a "cessação" de escolas consideradas ociosas, com possibilidade de retomar o atendimento após dois anos caso a demanda fosse detectada. 

O governo havia afirmado que, com o fechamento de escolas em imóveis alugados, a economia seria de R$ 15 milhões por ano.
Redação Bonde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia