Pesquisar

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Prefeitos da região saem satisfeitos de encontro com Dilma

Prefeitos que integram a mesorregião do Norte Pioneiro que estão em Brasília, saíram satisfeitos com o pronunciamento da presidente Dilma Rousseff, na abertura do 2º Encontro Nacional de Novos Prefeitos eleitos e reeleitos, que termina amanhã. De acordo com levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), 38 dos 45 prefeitos que integram as associações Amunorpi e Amunop estão participando de uma série de palestras, conferencias e reuniões no Centro de Eventos Ulisses Guimarães, em Brasília. 

Com a voz embargada e muito emocionada, a presidenta Dilma Rousseff pediu que os prefeitos de todo o país atuem para evitar a repetição de tragédias como o incêndio em Santa Maria (RS) . Na abertura do 2º Encontro Nacional em Brasília, Dilma conclamou os gestores de todas as esferas de Poder para assumirem a responsabilidade de fiscalizar locais públicos e de concentração de pessoas. "Falo da dor para lembrar responsabilidade que todos nós, do Poder Executivo, temos com a população. Diante da tragédia, temos de assegurar que ela jamais se repetirá", disse a presidente ao abrir o encontro. 

Ela anunciou a liberação de R$ 66,8 bilhões de reais para áreas como educação, infraestrutura e saúde. Desse total, R$ 35,5 bilhões de reais devem ser liberados em fevereiro. O restante depende da elaboração de novos projetos pelos municípios. Em um discurso de quase 50 minutos, Dilma prometeu a construção de mais 1,1 milhão de moradias pelo programa Minha Casa, Minha Vida, além do 1,3 milhão anunciado no início do governo. Dos novos recursos, R$ 3,6 bilhões serão destinados a municípios com menos de 50 mil habitantes. 

Afirmou que o governo vai reabrir prazo para que os novos prefeitos se cadastrem no programa de construção de 6 mil creches. Ainda na educação, Dilma anunciou a flexibilização das regras de outro projeto atrasado: a construção de quadras esportivas em escolas públicas. O plano beneficiava apenas escolas com mais de 500 alunos; este limite caiu para 100 estudantes. 

O governo também disponibilizará R$ 12 bilhões para investimentos em saneamento e R$ 5 bilhões para pavimentação de ruas. Outra meta é construir 1,5 mil unidades de novos postos de saúde. O gasto total de R$ 1,2 bilhão com a saúde custeará também a compra de novos equipamentos. 

Otimismo 

O otimismo da presidente contagiou os prefeitos da região que estão em Brasília. O prefeito de Nova Santa Bárbara, Claudemir Valério afirmou que não esperava tantas noticias boas. "Só o fato de o governo olhar com mais carinho os municípios com menos de 50 mil habitantes demonstra que realmente vamos ter nossas reivindicações atendidas. 

Para o prefeito Adir Leite, de São Jerônimo da Serra, a liberação de máquinas pesadas para os pequenos municípios e incentivos para a educação veio de encontro com as necessidades. "Nós que pegamos uma prefeitura com todo o maquinário sucateado, sabemos como é importante este apoio do governo federal. Vamos apressar nosso cadastro no Ministério de Desenvolvimento Agrário para estarmos aptos a receber a verba prometida pela presidente", disse Adir Leite. 

Avesso a conferências e encontros desta natureza, até o prefeito de Andirá, José Xavier se rendeu ao discurso otimista da presidenta Dilma. Ele destacou que desta vez, o governo federal se superou na organização do encontro e nas propostas apresentadas aos prefeitos. "Não gosto muito deste tipo de evento. Na maioria das vezes, saímos frustrados. Desta vez não. A presidente demonstrou maturidade e sensibilidade", observou José Xavier. 

O encontro de contas da Previdência e os investimentos previstos no saneamento básico, no ensino integral e em pavimentação urbana foram elogiados pelo prefeito de Barra do Jacaré, Edimar de Freitas Alboneti. "O governo federal demonstrou que está disposto a ajudar os pequenos municípios, agora nós temos que fazer a nossa parte, montar os projetos e realizar as obras que a população tanto espera", afirmou.

Folha Norte Pioneiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia