Pesquisar

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Fábrica da Klabin gerará R$ 300 mi em impostos


Durante a construção da nova unidade da Klabin, em Ortigueira, deverão ser gerados cerca de R$ 500 milhões em impostos em um período de dois anos. Quando em operação, a estimativa é de que a empresa gere R$ 300 milhões por ano ao Estado em impostos. Nesse montante está o Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias (ICMS), que posteriormente retorna, em partes, ao município que recebe a fábrica.
Entretanto, no caso específico da Klabin, há um acordo entre o Governo do Paraná e Municípios que fazem parte da Agência de Desenvolvimento Regional da Cadeia Produtiva da Madeira, partilhando o ICMS entre as cidades que fornecerão madeira para a linha de produção desta indústria. Assim, 50% do imposto será dividido proporcionalmente entre os 12 municípios da região (Cândido de Abreu, Congoinhas, Curiúva, Figueira, Imbaú, Ipiranga, Reserva, Rio Branco do Ivaí, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Telêmaco Borba e Ventania), de acordo com a sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia