Pesquisar

sábado, 25 de abril de 2015

Professores decidem retomar greve no Paraná

Assembleia realizada na manhã deste sábado (25) em Londrina confirmou a retomada da greve dos professores no Paraná. A mobilização está prevista para começar a partir das 10h de segunda-feira (27). A principal justificativa da categoria é a quebra de acordo do governador Beto Richa (PSDB) em relação ao regime de Previdência dos servidores. 

O projeto de lei que a altera a Paranaprevidência deve ser votado durante a semana pelos deputados estaduais. Na assembleia, os professores definiram uma nova mobilização em Curitiba para ocupar o Centro Cívico durante toda votação. 

Na segunda, os professores devem estar nas escolas orientando pais e alunos sobre a retomada da greve. Já na terça, a mobilização na capital paranaense deve ganhar o reforço dos servidores do restante do Paraná. 

A APP Sindicato deve visitar os parlamentares entre domingo e segunda para cobrar a retirada ou reprovação do projeto que modifica a Paranaprevidência. A classe deve organizar protestos contra Beto Richa e deputados aliados onde houver agenda pública. 

A última greve durou 29 dias entre fevereiro e março e atrasou o início do ano letivo. O movimento foi marcado pela tomada da Assembleia Legislativa até que o governo desistiu do "tratoraço" para aprovar o PL 252/2015.

Redação Bonde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia