Pesquisar

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Manifestantes depredam sede da Prefeitura de São Paulo e saqueiam lojas no centro

Atos de vandalismo, praticados por um pequeno grupo de manifestantes, também marcaram o sexto dia de protestos contra o aumento das tarifas do transporte público em São Paulo, nesta terça-feira (18). No centro da cidade, um grupo de manifestantes invadiu o pátio da Prefeitura da cidade. Os vândalos quebraram os vidros laterais da Prefeitura, enquanto um grupo de manifestantes contra a violência tentava impedir as ações. Durante o protesto, um boneco com o rosto do prefeito Fernanda Haddad (PT) foi queimado. Vidraças da prefeitura foram quebradas e as paredes foram pichadas. Ainda no centro, os criminosos atearam fogo a um carro da reportagem da Rede Record e realizaram saques em lojas da região
Foto: GABRIELA BILÓ/FUTURA PRESS



Diversos saques aconteceram em lojas do centro essas ruas. Foram levados televisores, computadores e até uma motocicleta que foi queimada pelos criminosos
Foto: DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO CONTEÚDO


Durante o protesto, um boneco com o rosto do prefeito Fernanda Haddad (PT) foi queimado
Foto: Eduardo Enomoto/R7
Armados com pedaços de pau e pedras, um pequeno grupo de manifestantes tomou o o pátio da Prefeitura de São Paulo, quebrou vidraças e pichou as paredes do prédio
Foto: Eduardo Enomoto/R7

Durante os protestos, um pequeno grupo de criminosos infiltrado na manifestação pela redução das tarifas ateou fogo em um carro de reportagem da Rede Record
Foto: TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO CONTEÚDO



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia